4 DICAS PARA APRENDER INGLÊS!



Todo mundo já passou por aquele momento de crise ao tentar aprender alguma coisa, não é mesmo? Isso acontece porque, muitas vezes, nossa curva de aprendizado ainda não chegou no ponto de inflexão e parece que nunca vamos aprender (se quiser saber um pouco mais sobre essa tal curva, dá uma olhada no nosso e-book completamente gratuito). Separamos algumas dicas para te ajudar a superar essas dificuldades quanto ao aprendizado da língua inglesa e finalmente começar a ver os resultados surgindo em seus estudos!


1 — NÃO ESPERE UM MILAGRE


Um dos maiores erros de quem começa aprender uma língua (e, no fim das contas, de quem começa a aprender qualquer coisa) é acreditar que os resultados vão começar a aparecer de maneira imediata e grandiosa. A sociedade imediatista e globalizada em que vivemos cria em nós essa ânsia constante de conseguir resultados de modo rápido, fácil e pragmático. Embora esse tipo de ideia seja bastante útil na área de negócios, não podemos dizer o mesmo quando o assunto é aprender uma língua.

Uma criança, que tem capacidade muito maior de aprendizado do que um adulto, demora anos para desenvolver seu vocabulário e adquirir fluência na língua materna. Desse modo, é de se estranhar que alguém imagine que seja possível aprender inglês em tempo recorde, com o método "x" ou "y" que promete ter encontrado a fórmula secreta para a fluência. Quando o assunto é aprender uma nova língua, desconfie sempre que alguém te disser que inventou uma metodologia inovadora que promete resultados em tempo recorde — independentemente de quantos seguidores essa pessoa tenha.


2 — ESTUDE POUCO, MAS ESTUDE DE MANEIRA INTELIGENTE


Outro erro bastante comum é confundir quantidade com qualidade — passar 12 horas em um dia estudando inglês não vai te fazer aprender mais rápido, na verdade é bem provável que aconteça o contrário!

Nosso cérebro precisa de tempo para armazenar e processar as informações. Tentar encaixar a maior quantidade possível de ideias dentro de nossa cabeça de uma vez só nunca é uma boa ideia. Um professor que eu gostava muito, Pierluigi Piazzi, dizia que enquanto um computador é um idiota rápido, nosso cérebro é um gênio lento. Temos capacidade para aprender muito melhor do que a da mais avançada inteligência artificial, mas nossa capacidade de processamento é ridícula! Precisamos deixar nossa cabeça respirar e armazenar as informações da melhor forma possível.

Sendo assim, a melhor forma para estudar a língua sem sobrecarregar nossa cabeça (e, por consequência, desanimar nos estudos, podendo até cair na desistência) é usando o tempo a nosso favor com sabedoria. Muito mais valioso do que estudar horas e horas a fio é estudar pouco tempo, mas com qualidade.

Para estudar de maneira inteligente, ainda que com pouco tempo, siga esse passo a passo:


  1. Reserve um horário específico para o estudo e certifique-se de que terá um ambiente propício e silencioso para isso. Sua concentração deve ser total.

  2. Separe pequenas pausas entre os estudos para otimizar a produtividade — seu cérebro é um grande preguiçoso e vai gostar de um tempinho pra respirar, mas tome cuidado para não perder a mão nessa pausa e tirar o foco dos estudos.

  3. Estude diariamente. Talvez esse subtópico seja um dos maiores segredos para aprender a língua. Estudo diário, ainda que pouco, vai garantir que o conhecimento seja internalizado de modo mais concreto. No fim das contas estudar uma língua é como ir à academia — se pararmos de praticar, certamente iremos atrofiar.



3 — ENCONTRE O MATERIAL CERTO PARA VOCÊ


Não copie o que te dizem que é a fórmula infalível para aprender a língua! Cada indivíduo tem suas particularidades e aprende de maneiras diferentes. Enquanto uns aprendem melhor com a leitura, outros aprendem melhor por meio do entretenimento. Cabe a você encontrar a dosagem certa da melhor metodologia para aprender a língua — lembrando sempre que não vai adiantar confiar cegamente no ensino de cursos e professores, aprender uma língua requer uma boa dose de autodidatismo.





4 — LARGUE A VERGONHA E A TIMIDEZ


Eu sei, eu sei! A vergonha de falar uma palavra em contexto inadequado ou pronunciar de maneira equivocada é uma grande barreira no aprendizado, mas não existe modo mais eficaz para aprender a se comunicar numa língua que, pasmem, se comunicando! Busque encontrar grupos de pessoas que estejam praticando para que você interaja e coloque os seus conhecimentos em prática, sem medo de ser julgado(a) — lembre-se, é errando que se aprende!



No fim das contas, aprender inglês não é tão difícil quanto parece. Trata-se de uma questão de paciência e disciplina até que a recompensa venha, pois, embora demore um pouco para apresentar resultados mais consistentes, quando nos damos conta de que estamos falando a língua, nossa visão de mundo e perspectiva de futuro são modificadas para sempre.

4 visualizações0 comentário
FALE COM A GENTE!
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2020 Pílula Diária de Inglês. 

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon